Inicio Podcast On-line Orkut

Conheça o Mickey Junkies ::banda que não se prende a rótulos::impulcionou o skate na década de 90 ¨¨O¨¨¨¨¨¨O¨¨

¨¨O¨¨¨¨O¨¨>




Certa vez, lendo um certo jornal,deparei com um crirtico que dizia que São Paulo não era mais a cidade do rock,e sim o túmulo.Bom,não é questão de babar ovo,mas qualquer um sabe que SP sempre teve tradição de gerar boas bandas,seja qual  estilo for .Afinal de contas no mundo de hoje o rock é uma misselânia de estilos gerados pelas massas esprimidas que amontoado de gente do país revela o movimento das casas noturnas que abrem seu espaço para ditas GARAGE BANDS.Agora,engolir essa merda que esse criticuzinho disse ,é f...!Ele deve ser um daqueles que ouvem Engenheiros do hawai e diz que é um rock energético!

MICKEY JUNKIES


Na ativa desde 1991,o Mickey Junkies é umas grandes promessas da nova safra.Como eles mesmo dizem."não é bom se prender a rótulos",Procuram assim o tal do "estil própio",coisa que promovam ter conseguido na demo tape ao vivo, apresentando seu psyco-rock pesadissimo.O M.J. não radicaliza num único estilo musical: mete o pau desde rock dos anos 60 até o hardcore punk dos anos 80.Enão pára por ai...As letras ficam a cargo de rodrigo Carneiro (vocal) e falam  de violêcia,sexo,perverssidade em rítimo de quadrinhos underground.Essa linha é a marca da banda,sempre presente em suas composições.Alem de Rodrigo a banda é formada por Satoshi (baixo),Érico (guitarra) e Alexandre (batera)Ao vivo eles são músicos "tomados" e conseguiram passar essa "adrena" nas 12 músicas da demo"live"(três covers).Destaco Animal Bussiness,What Become  in my Brain?,Sweet Flower e Drunk Drivers,Carneiro é presença total em todas as "canções",incluindo a cover dos legendários The Monckeys.Bem,o que resta é simplismente conferir o seu som ao vivo em próximas apresentações,porque a demo-tape é ainda  restrita aos iniciados.Não marque touca!!!
(por Fábio Bolota Revista Tribo skt 1993 número 6 )
Mickey Junkies- Live(24/10/92)animal bussiness/fraüline/what become in my brain?/beggars life/i wanna be a chainsaw/little donwn/here come sickness/drunk drivers.

Biografia


Por favor clique aqui pra expandir o texto ...
Mickey Junkies are a rock’n’roll band, widely regarded as one of the pioneers of brazilian alternative rock, that was active from 1991 to 1997, then reformed in 2007.

Por Rodrigo Lariú, Midsummer Madness

Mickey Junkies foi uma das referências do rock alternativo no Brasil nos anos 90. O quarteto de Osasco, que desde 1990 vinha testando formatos do que seria uma banda, juntou os trapos pela primeira vez em 27 de novembro de 1991, dia do aniversário de Jimi Hendrix, para um show na extinta casa Dynamo, com Rodrigo Carneiro (voz), Érico Birds (guitarra), André Satoshi (baixo) e Alexandre Carvalho, depois substituído por Ricardo Mix na bateria.

Após vários ensaios e bons shows, em 1992 o Mickey Junkies gravou sua primeira demo, “Always on the beat”, com Edson X da banda Gueto como produtor. Junto com Killing Chainsaw, Pin Ups, Tube Screamers, Okotô, todas de São Paulo, Mickey Junkies rodava os porões da capital, tocando praticamente em todos lugares possíveis da cidade.

Ainda em 1992, gravaram a 2ª demo ao vivo numa das casas noturnas mais famosas da época, o Espaço Retrô. Sem tocar na rádio, sem gravadora por trás (na época existiam pouquíssimas gravadoras independentes, a maioria eram selos distribuídos por multinacionais) e numa época pré-internet, o máximo que qualquer banda conseguia eram citações em matérias sobre o udigrudi nacional e ter o Jello Biafra, ex-Dead Kennedys, na platéia de um de seus shows, no Der Tempel em 1992. Com toda esta bagagem, ainda em 92, o MJ faz seu grande show, no Aeroanta em SP, abrindo a noite para um show do DeFalla.

Aparecer na imprensa não era problema para o Mickey Junkies: em 1º de janeiro de 1993 o jornal O Estado de S.Paulo estampava na capa de seu caderno cultural uma matéria com Dave Grohl, na época ainda baterista do Nirvana, elogiando os discos de bandas brasileiras. A respeito da demo Mickey Junkies, Grohl comentou: “Tem influências de punk antigo, é cool !” Em fevereiro de 93 eles gravam a 3ª demo, desta vez ao vivo no programa Clip Independente, que colocava bandas brasileiras ao vivo na Brasil 2000 FM durante 1 hora semanalmente.

Ainda em 1993, os críticos da revista Bizz elegeram o Mickey Junkies como 4ª colocada no quesito revelação de 1992. À frente deles, Skank e Daniela Mercury, com um honroso 1º lugar para o Second Come. Mas o melhor de 1993 ainda estava por vir: o Mickey Junkies participou do 1º Juntatribo, festival alternativo que aconteceu na UNICAMP naquele ano e reuniu as melhores bandas do underground brasileiro. O jornalista Felipe Christ escreveu num jornal da época: “Mickey Junkies foi um dos destaques da noite. O vocalista ensandecido ganhou a atenção do público apoiado por uma banda competente…”

“A True Noise Experience” foi a 4ª demo da banda em apenas 2 anos de existência. A esta altura do campeonato, bandas contemporâneas como Second Come, Killing Chainsaw, Pin Ups e Virna Lisi já tinham seus discos, só faltava o do Mickey Junkies. A banda continuava a tocar bastante, aparecia em vários programas de TV, em todas as revistas e jornais possíveis, eram o must dos fanzines da época. Além disso, a música “Holiday on Ice” estava entre as mais tocadas da rádio Brasil 2000, e entrou numa coletânea em CD do programa Clip Independente.

Em 1994, outra coletânea, a famosa “No Major Babes” do selo Caffeine, distribuído pela Paradoxx e organizado pelo jornalista Marcel Plasse, trazia a versão exclusiva de “Waiting for my Girl”. Este primeiro contato com a gravadora Paradoxx resultaria no CD Stoned, gravado em julho de 1995 e lançado no mesmo ano pela Paradoxx, uma das poucas independentes “grandes” da época. O disco foi produzido por R.H. Jackson (que havia gravado “Scrabby” do Pin Ups).

Mas após ter conseguido o que todas as bandas da época procuravam - gravar um disco - os problemas que levariam ao fim da banda começaram.

Retorno

O recesso das atividades da banda durou exatos 10 anos. Até que em 2007, o grupo voltou a se encontrar, a ensaiar e a se apresentar ao vivo. Em paralelo à retomada, o selo Midsummer Madness produziu uma edição online do disco Stoned, acrescida de um bônus com sete músicas, e o quarteto, que foi uma das atrações da 14ª edição do Goiânia Noise Festival, realizada entre os dias 21 e 23 de novembro de 2008, lançou na ocasião uma nova faixa intitulada "Tryin' to resist". Em 2009, a banda segue compondo e tocando.


download -Stoned (1995)

0 Recados:

Comente usando a sua
Conta do

.Todos comentários são moderados.
.O comentário é exibido nos resultados de pesquisas por isso devem ter relação com o post.
.Contas São os sites que você possui,usar contas é exemplo e-mail do: google-LiveJournal-WordPress-Typepad-AIM-"ou"-OpenID-Nome/Url-Anônimo
.Tags de Html <b> , <i>, <a>,<em>
. destacar "texto"e dexar link ,veja como fica c/ as tags...
<i><b>Seu nome</b> assunto <a href=" link-url">titulo do link</a></i>